Apesar de ser fabricada a partir de materiais com alta qualidade, como impressoras profissionais e papéis compostos por fibras naturais / não branqueados artificialmente com agentes ácidos, saber como preservar uma impressão fine art faz com que sua longevidade aumente muito.

Abaixo listamos os principais elementos que podem comprometer a vida útil de uma impressão (como eles impactam diretamente na qualidade) e explicamos tudo o que deve ser feito para garantir sua preservação correta.

Agentes externos que danificam impressões

Luz solar e iluminação interna

O local onde você vai pendurar a impressão impacta diretamente em sua longevidade.

Nunca coloque a obra onde a luz incida diretamente sobre ela, principalmente se ela for solar. Apesar de existirem acabamentos que preservem a qualidade da imagem ao longo de décadas, tais como o metacrilato e o metal print HD, ainda é sim é importante mantê-la afastada de iluminação direta.

A razão disso é que a impressão é feita a partir de produtos químicos, que reagem de acordo com o ambiente em que são expostos. Aos poucos, a luz pode desbotar as cores da impressão.

Tome cuidado também com a iluminação artificial, pois as lâmpadas produzem calor e podem danificar a impressão.

Se você tiver dúvidas sobre a distância que a obra deve permanecer, adote o seguinte padrão: se a lâmpada ambiente possuir 60 W de potência, afaste a impressão em pelo menos 70 cm.

Créditos: Evan Joseph | Via Artsy; como preservar uma impressão fine art

Créditos: Evan Joseph | Via Artsy

Umidade e aquecimento

Assim como a iluminação direta, umidade e variações de temperatura prejudicam bastante a longevidade da impressão.

Elas provocam expansão e contração do papel,  podendo gerar uma ondulação em impressões que não apresentam um acabamento protetor. Além disso, locais muito secos podem ressecar a impressão e torná-la quebradiça.

Procure armazenar suas obras em espaços arejados, com boa circulação de ar. Isso impedirá a formação de manchas de mofo e desbotamentos.

A recomendação é que a umidade relativa do ambiente fique entre 40% e 60%. A título de exemplo, museus mantêm uma temperatura constante em suas salas de exposição.

Locais como cozinha ou banheiro devem ser muito bem avaliados caso você queira pendurar uma obra neles.

Créditos: Denver Art Museum

Cuidando da impressão

Caso sua impressão não tenha um acabamento que isole a imagem, tome muito cuidado com o papel.

Sujeiras ou óleos em seus dedos podem arruinar sua obra com manchas e marcas de digitais. Sempre que for manejar o trabalho, lave as mãos e tente usar luvas cirúrgicas.

Sempre pegue a folha pelos cantos opostos, isso evitará dobramentos (que, dependendo do caso, podem ser irreversíveis).

Se a impressão possuir acabamento em acrílico ou metal, use um pano de microfibra para remover poeiras e pequenas sujeiras. Para evitar danos à superfície, não use sabões abrasivos ou qualquer limpador de vidro comercial que contenha amônia.

Como complemento a estas dicas, fizemos uma matéria sobre como cuidar de eventuais riscos em acrílicos, leia aqui.

Levando todas essas dicas em consideração você poderá preservar sua impressão fine art por muito mais tempo.

Transforme imagens em quadros

Fonte