Construir um portfólio fotográfico é um dos primeiros passos para se profissionalizar. Ele permite que você mostre seus melhores trabalhos para clientes em potencial e ajuda outras pessoas a verem suas habilidades como artista.

Mesmo as pessoas com carreiras consolidadas mantêm seus portfólios atualizados com seus trabalhos mais recentes.

Se você ainda não possui um portfólio ou não sabe como organizá-lo da melhor maneira, veja nosso passo a passo a seguir.

O que é um portfólio fotográfico?

Um portfólio reúne suas melhores imagens para serem apresentadas a alguém. Os trabalhos selecionados devem refletir sua personalidade, suas qualificações e experiências.

Trata-se de um documento “padrão” no universo fotográfico, tanto a versão impressa quanto a digital.

Dependendo do seu ramo de atuação, muitos clientes vão pedir para analisar seu portfólio antes de te contratar, portanto, tome cuidado com a elaboração e seleção das obras.

Como criar um portfólio fotográfico?

1. Defina qual caminho você desejar seguir na fotografia

No começo é difícil definir um caminho mais especializado, nós sabemos. Por isso que, num primeiro momento, você pode tirar o máximo de fotos que puder, sob os mais diferentes contextos.

Naturalmente, algumas imagens te darão maior satisfação e terão um resultado melhor. É a partir daí que você pode começar a estreitar seus assuntos e se dedicar a apenas alguns nichos, os que você mais gostar. É possível, até mesmo, ter apenas um nicho.

Quanto mais específico for, melhor será para o reconhecimento da sua marca online. O ideal é que as pessoas, ao pesquisarem sobre seu ramo na fotografia, te encontrem como uma das referências.

Quando tentamos de tudo (nos dedicarmos a diversos nichos fotográficos ao mesmo tempo), acabamos não nos especializando em nenhum deles. E isso pode ser prejudicial para a alavancagem da carreira.

2. Entenda quem é seu cliente

como construir um portfólio fotográfico

Créditos: Hero Images / Getty Images

Se você fotografar eventos, como festas, não inclua em seu portfólio imagens de animais ou pontos turísticos, por exemplo.

Para saber como deve organizar seu portfólio, você deve saber que tipo de cliente pode contratar os seus serviços. Às vezes ele pode buscar algo que você não pode oferecer, e vice-versa.

Se você fotografar em mais de um nicho, tenha um portfólio para cada.

É por isso que falamos anteriormente: “Um portfólio reúne suas melhores imagens para serem apresentadas a alguém”. Se você atuar em mais de uma frente na fotografia profissional, este “alguém” pode variar bastante.

3. Selecione e organize corretamente as imagens

Isso pode parecer óbvio, mas é extremamente importante.

Ao escolher as imagens, você deve selecionar apenas as melhores e as mais coerentes com sua linha de trabalho. Muitas vezes pode ser importante pedir um feedback de pessoas que não tenham medo de falar a verdade.

Como você organizará as imagens? Uma foto por página? Apenas verticais, horizontais? Pense em tudo isso. Não coloque duas imagens em sequência que se parecem muito; além de não agregar ao portfólio, passam a impressão de má curadoria.

Outra coisa importante é a posição em que cada foto aparece no portfólio: muitas pessoas não analisam ele do começo ao fim. Pensando nessa situação, é muito vantajoso colocar uma de suas melhores imagens logo no início, para causar uma boa impressão.

Para os que analisam até o final, também é importante ter uma das melhores obras no final, para encerrar a “apresentação” em grande estilo.

O mais importante a se entender nesse tópico é: o que seu portfólio comunica? A sequência das imagens deve apresentar uma “história”, ter uma linha de produção coerente, onde uma foto dialoga com a outra. 

como construir um portfólio fotográfico

Créditos: Dan Gold | Via Canva

4. Mantenha-se sempre atualizado

Lembre-se sempre: tendências e padrões mudam. Certifique-se que seu portfólio seja repaginado por novas impressões à medida que você avança em sua carreira. Digamos que alguém te procure em intervalos de 2 anos. O ideal é que este cliente não veja exatamente o mesmo portfólio.

Evite também deixar fotos de apenas um lugar, de apenas uma sessão no documento. Apresente variedades. Os clientes e o público em geral provavelmente irão “medir” seu sucesso conforme você valida suas habilidades nos mais diversos contextos.

Uma dica interessante é pegar uma imagem de cada sessão e tentar fazer algo novo a partir dela arriscar um pouco na pós produção. Com o tempo, você terá muitas opções para escolher que poderão te ajudar a atualizar e construir seu portfólio.

Quantas fotos ter no portfólio?

Não é necessário ter muitas fotos.

Parte da elaboração é justamente saber filtrar e selecionar o que é relevante para a narrativa de seu processo produtivo.

Um portfólio com algo entre 10 e 15 imagens é mais do que suficiente.

Online versus Impresso

As duas versões são importantes e recomendadas.

A online é mais acessível, uma vez que pode ser mais facilmente encontrada e compartilhada. A impressa apresenta um ar mais profissional e sofisticado em uma eventual apresentação presencial para o cliente.

Ter ambas as versões ajuda a garantir que você não perca um cliente por preferirem uma em relação a outra. Apenas certifique-se de manter a consistência entre as duas mídias (formatação de layout, número de imagens disponibilizadas, etc).

Comece pelo pelo Instagram. É simples de organizar e divulgar. Depois de ter um portfólio sólido e estável, parta para a elaboração de uma versão impressa.

É importante que as imagens sejam impressas com papéis fine art premium e numa impressora profissional (preferencialmente com seis cabeças e alta resolução). Dessa forma, suas imagens terão maior durabilidade e serão mais realistas.

Nós realizamos todo esse serviço de impressão, desde o tratamento da imagem até o embalo e transporte da obra. Você pode fazer uma simulação de preços aqui.

Como criar um portfólio fotográfico online?

Através da plataforma arteindex você pode gerenciar e expor suas obras de arte.

Com essa ferramenta é possível organizar suas coleções através da separação por diferentes edições, criar salas privadas gerando links exclusivos de acesso, gerar certificados de autenticidade para cada trabalho e muito mais.

Veja o vídeo abaixo para entender mais sobre o processo e como seu portfólio pode ser construído:

Transforme imagens em quadros

Veja também

Fontes